E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

UMA CARTA PARA VOCÊ:

Publicada em 31/08/2020

  • UMA CARTA PARA VOCÊ:

IJUÍ, AGOSTO DE 2020

“O amor te leve a pensar, planejar e agir.” (Santa Teresa Verzeri)

 

Queridas/os jovens,

Na intenção de encontrá-las/os bem, desejo dirigir-lhes uma “carta”, a qual se refere à importância do Projeto de Vida.

Escrever carta pode parecer algo tão antigo, e de fato é. Dificilmente recebemos cartas, mas certamente muitos de nós ainda recebemos boletos ou contas a pagar... Assim, como escrever e receber cartas é algo antigo, planejar também pode nos parecer algo antigo.

Por isso, quero refletir sobre a importância de ter um Projeto de Vida, escrito, registrado, não apenas em nossos sonhos e desejos. É fundamental que ele seja registrado no papel ou nos diferentes meios que temos à disposição.

Para melhor entendermos a necessidade de um PROJETO DE VIDA, primeiramente, faz-se necessário entender o que significam as palavras envolvidas. PROJETO: Segundo o dicionário, significa plano; planejamento que se faz com a intenção de realizar ou desenvolver alguma coisa; VIDA: na mesma fonte podemos encontrar conjunto dos hábitos e costumes de alguém; maneira de viver.

Sendo assim, todo o ser humano deveria se preocupar e pensar o seu projeto de vida, pois ele tem a grande possibilidade de auxiliar no conhecimento de sua história pessoal. Oportuniza identificar suas qualidades e potencialidades, perceber quais são suas principais dificuldades e limitações, bem como reconhecer-se como alguém que está em relação com o mundo, com o transcendente e os seres à sua volta. E, do mesmo modo, um ser que tem sonhos, anseios, buscas, desejos...

Trago presente uma narrativa que pode nos ajudar a entender porque o Projeto de vida é tão importante. Vejamos o exemplo na história “Alice no País da Maravilhas”, de Lewis Carroll: “Depois de entrar pela toca do coelho e se encontrar em mundo doido e maravilhoso, Alice está perdida e confusa. No meio do bosque, a menina encontra um gato falante. -Pode dizer-me que caminho devo tomar? -Isso depende do lugar para onde quer ir — respondeu com muito propósito o Gato. -Não tenho destino certo. -Nesse caso, qualquer caminho serve.” Nesse rápido diálogo, percebem-se vários aspectos determinantes para que todo o ser humano pense no seu Projeto de Vida, retratando a necessidade de planejar, pensar, definir metas, traçar caminhos. Pois a vida sem objetivos é como um caminhar sem ter rumo.

Vejamos também o que diz na Exortação Apostólica Christus Vivit no nº 137: “A juventude, fase do desenvolvimento da personalidade, está marcada por sonhos que vão tomando corpo, por relações que adquirem cada vez mais consistência e equilíbrio, por tentativas e experimentações, por escolhas que constroem gradualmente um projeto de vida. Nesse período da vida, os jovens são chamados a projetar-se para frente sem cortar suas raízes, para construir autonomia, mas não sozinhos”.

Mais uma vez fortaleço a importância em se traçar plano, um esquema vital que se encaixa na ordem das prioridades e expectativas de uma pessoa que sonha com seu próprio futuro e decide viver de acordo com seus princípios e valores.

Gratuitamente recebemos o maior presente de Deus: a nossa vida!  É nosso compromisso diário administrá-la da melhor maneira possível. Por isso, o Projeto de Vida  é uma ferramenta que nos auxilia a dar uma resposta concreta e programada ao chamado que Deus nos faz para dar sentido, beleza e qualidade à vida.

Vale lembrar que qualquer momento da vida é propício para cumprir os verdadeiros sonhos do coração e apostar na felicidade, pois “o amor a si mesmo é o ponto de partida do crescimento da pessoa que sente o valor de ser responsável de sua própria existência” (Viktor Frankl).

Portanto, convido-os, sem medo, a parar, refletir, pensar e planejar. Martin Luther King já dizia: “Talvez não seja para hoje, talvez não será para amanhã, mas é bom que procures realizar o teu sonho. Pode ser que não consigas vê-lo, pode até não se realizar, mas é bom desejar que se realize. É bom que esteja no teu coração.” Desejo  que você se esforce na busca constante da realização.

Assim sendo, cultivemos em nosso coração o desejo de fazer a diferença na sociedade em que vivemos, ocupando nosso lugar como protagonistas da nossa história, sendo os artifices do processo. Escrever seu Projeto de vida é criar a capacidade de pensar o futuro, não como um ponto fixo, mas com metas para esse futuro, mesmo havendo desvios de rotas tem a pretensão de chegar lá.

Concluo, convidando-as/os a concretizar o “Projeto de Vida”,  a partir do pressuposto filosófico “Conhece-te a ti mesmo: Quem sou? O que quero/planejo para o meu futuro? Quais minhas metas de vida? O que estou disposto a fazer para atingí-las? Quais são meus valores? O que de fato quero? O que me move? Quais são meus medos? Por isso, ouse, sonhe, planeje!

Uno-me à benção escrita por  Santa Teresa Verzeri, fundadora da Congregação das Filhas do Sagrado Coração de Jesus, e rogo pela vida e a missão das juventudes:  “Que o Coração de Jesus te revista de seu espírito, acenda em ti o Seu amor e te plenifique. Confia no amor que é onipotente e fidelíssimo, conforta-te e consola-te no amor que é doçura. O amor te leve a pensar, planejar e agir.”

Contem com meu carinho e meu apoio. Sigo à disposição, para auxiliar no processo de construção do seu Projeto de Vida.

Ir. Maristela Ganassini

Filha do Sagrado Coração de Jesus

Assessora Religiosa do Setor Juventude da Diocese de Cruz Alta.

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface