E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Dom Adimir Mazali é acolhido na Diocese de Erexim

Publicada em 10/07/2020

  • Dom Adimir Mazali é acolhido na Diocese de Erexim

Nomeado para a Diocese de Erexim no dia 15 de abril, Dom Adimir Antonio Mazali chegou na segunda-feira a Diocese que já lhe esperava ansiosa. O bispo celebrou sua ordenação episcopal em Cascavel, dia 20 de junho, em celebração restrita.

Na tarde desta terça-feira, 07, dom Adimir foi acolhido oficialmente na Diocese de Erexim e concedeu uma coletiva de imprensa aos veículos da região. O momento, transmitido online, ofereceu as primeiras palavras do novo bispo ao povo diocesano de Erexim.

Dom Adimir lembrou muitas vezes durante a coletiva seu lema de ordenação sacerdotal e episcopal e ressaltou que chega a Diocese de Erexim para ser sal e luz e “para atender aquilo que Deus nos pede que realizemos”. O novo bispo contou seu sentimento quando recebeu o convite: “Como padres nunca esperamos uma nomeação de bispo e por isso foi uma surpresa que me deixou um tanto preocupado. Quando questionei por que estavam me escolhendo e por que neste tempo de pandemia, a resposta que me foi dada é de que a Igreja não para”, relatou ele.

Durante a coletiva, dom Adimir reforçou muitas vezes sua intenção de trabalhar em conjunto com toda a Diocese de Erexim e destacou: “Não venho para trazer grandes novidades, venho para somar no trabalho da Igreja e no plano pastoral da Diocese, trilhando um caminho conjunto naquilo que for o melhor para as necessidades e desafios da Igreja de Erexim”. Reconhecendo seus limites, dom Adimir explicou que aceitou a missão com liberdade: “me sinto muito livre interiormente e essa liberdade me permitiu assumir este convite. A ação de Deus sempre acontece na nossa vida”.

Quando recebeu a nomeação para bispo, dom Adimir trabalhava na Catedral Nossa Senhora Aparecida em Cascavel, no Paraná. Na mesma cidade, ele viveu 28 anos, 16 atuando no seminário (formação, orientação e animação vocacional). Alem disso, de 2002 a 2019 trabalhou na área da educação, como professor, secretário acadêmico e, nos últimos 10 anos (2009 a 2019), como diretor da Famipar- Faculdade Missioneira do Paraná.

Sobre a mudança de Estado do Paraná para o Rio Grande do Sul, ele observou que “a Igreja vive um projeto grandioso que propõe uma Igreja em Saída. Isso significa também uma saída do nosso conforto e daquilo que estamos acostumados” e, completou “é aí que está a minha saída do Regional Sul 2 para o Regional Sul 3 da CNBB”. Segundo ele, “essa saída deve estar presente também nas comunidades e precisamos sempre caminhar enquanto Igreja na consciência da missão que é de todo o cristão: saber desinstalar-se e acolher o novo com respeito e valorização”.

Dom Adimir partilhou ainda sua intenção de visitar as 30 paróquias da diocese ainda este ano, observando o tempo de quarentena e isolamento social e finalizou reforçando novamente o desejo de um pastoreio conjunto: “Não vou transferir o que eu tinha lá em Cascavel para a Diocese de Erexim, mas sim somar a minha experiência com a realidade daqui”.

A posse de Dom Adimir Mazali em Erexim é no próximo domingo (12), às 16h, em celebração com participação restrita. A missa será transmitida pelo Facebook do Santuário Nossa Senhora de Fátima e da CNBB Sul 3.


FONTE: CNBB SUL 3

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface