E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Juventude Católica do RS se prepara para vivenciar Sínodo dos Bispos

Publicada em 02/10/2018

  • Juventude Católica do RS se prepara para vivenciar Sínodo dos Bispos

A juventude Católica do Rio Grande do Sul está em fase de preparação para vivenciar o XV Sínodo dos Bispos. Entre os dias 03 de 28 de outubro, bispos e jovens de diversos países estarão reunidos em Roma, com o Papa Francisco, para debater sobre o tema “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.

 

O Brasil terá seis delegados, cinco bispos e um jovem. Entre os religiosos que irão viajar para o Vaticano, está o arcebispo de Porto Alegre e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil no RS, dom Jaime Spengler. O arcebispo também preside a Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB. Ele foi eleito, junto com outros quatro prelados, durante a 56ª Assembleia Geral da organização, em maio deste ano.

 

Entre os delegados está também o cardeal dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília e  presidente da CNBB. Ele foi escolhido pelo Papa Francisco como relator geral do encontro. O jovem escolhido é Lucas Galhardo, paulista de 25 anos e membro do Movimento Apostólico de Schoenstatt Internacional.

 

Ao convocar, em 2016, o Sínodo sobre os jovens, o Papa Francisco pediu ao Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, que promovesse ampla pesquisa sobre a realidade juvenil em todo o mundo. A partir disso, o Vaticano elaborou um questionário, enviado e dinamizado por todas as conferências episcopais. As contribuições deram base à reunião pré-sinodal realizada em março de 2018, também em Roma, e que contou com a presença de quatro brasileiros, dentre os quais Davi Rodrigues da Silva, gaúcho da diocese de Passo Fundo.

 

O que é um Sínodo?

 

A palavra “Sínodo” tem origem em duas palavras gregas: “syn”, que significa “juntos”, e “hodos”, que significa “estrada ou caminho”. Com isso, Sínodo dos Bispos pode ser definido como “caminhar juntos” e é uma reunião do episcopado da Igreja Católica com o Papa para refletir e fazer direcionamentos sobre algum assunto específico. O que é discutido no encontro ajuda o Santo Padre na direção da Igreja e seu ministério. O Sínodo dos Bispos foi instituído pelo Beato Papa Paulo VI, em 15 de setembro de 1965.

 

Depois do término do Sínodo, o Papa escreve um documento chamado Exortação Apostólica, que traz aquilo que foi refletido na assembleia e os direcionamentos que o Santo Padre apresenta para o caminho da Igreja com relação ao tema tratado. Este documento influencia diretamente nas ações nas dioceses, paróquias e comunidades.

 

No Rio Grande do Sul

 

Os jovens gaúchos são chamados à vivência de momentos de comunhão com o Sínodo dos Bispos. O Serviço de Evangelização da Juventude do RS elaborou um material que pode ajudar os grupos de jovens, pastorais e movimentos de evangelização a promoverem encontros e ações no período de 03 a 28 de outubro. A intenção é que comunidades e paróquias também estejam unidas pela oração.

 

Além disso, no link também está uma carta de apresentação, assinada pelos bispos referenciais da juventude do Rio Grande do Sul, dom Adelar Baruffi e Adilson Busin, bem como pelo coordenador do Serviços de Evangelização da Juventude, padre Rudinei Zorzo.

 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface