E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Últimos preparativos para a 6ª JDJ da diocese de Santo Ângelo

Publicada em 07/04/2017

O Setor Juventude da Diocese de Santo Ângelo se reuniu domingo (02), na cidade de Três de Maio, onde acontecerá a 6ª JDJ, no próximo dia 08, sábado, a partir das 13h30, na Praça Matriz. A reunião concluiu os preparativos da jornada, que tem como expectativa de público, em torno de 200 participantes. O tema desta jornada serão as vocações, seguindo na mesma linha do plano diocesano de pastoral, com o intuito de levar aos jovens a reflexão sobre o chamado e a missão que recebemos ainda no ventre materno, quando Deus nos deu o dom da vida.

Nesta sexta edição da Jornada Diocesana da Juventude acontecerá a 1ª feira dos carismas, um espaço onde os diferentes grupos de jovens, bem como o SAV (Serviço de Animação Vocacional) e o próprio Setor Juventude, poderão expor suas ações, seus materiais, divulgando suas atividades de evangelização na diocese, fazendo memória da participação dos carismas em nossa Igreja. Os jovens terão um momento para se confessar e a adoração ao Santíssimo será o coração pulsante da Jornada, durante a tarde toda, na capela da igreja.

O bate papo vocacional será um momento de conversa com padres, religiosos e religiosas, seminaristas. Para esta conversa estão confirmados irmã Zenilde Fontes, coordenadora da Evangelização da Juventude, do Regional Sul 3 da CNBB, padre Rudinei Zorzo, assessor diocesano da juventude, da Diocese de Caxias do Sul, os seminaristas Jean Pinheiro e Leo de Bortoli, das dioceses de Cruz Alta e Uruguaiana respectivamente, as irmãs Maristela Ganassini e Juceli Zaffari, Filhas do Sagrado Coração de Jesus, rede Verzeri, o irmão marista Geandir Wermann, a líder jovem Gabrieli Furtado e o animador vocacional da diocese de Santo Ângelo, padre Rafael Backes.

Ainda acontecerá uma gincana de integração dos diferentes carismas presentes, celebração de ramos com a comunidade de Três de Maio e encerramento com apresentações artísticas dos grupos de jovens, no momento cultural.

Para o assessor jovem do setor juventude, Odacir Czekalski Junior, a preparação da jornada envolve bastante trabalho para poder oferecer o melhor aos jovens que irão participar. Ele diz que a participação dos grupos no setor juventude está forte e isso possibilita uma construção de uma jornada em conjunto. Sobre suas expectativas, Junior diz: “espero da jornada, um momento de crescimento na fé, partilhas, aprendizado e o despertar das vocações!”

Samara Donatti, jovem de Três de Maio, diretamente envolvida com a organização da jornada, principalmente porque sua paróquia sediará o evento relata o seguinte: “a JDJ é um evento que eu venho acompanhando há anos e a expectativa está sendo muito grande, porque como a paróquia está acolhendo o evento, a preocupação é enorme, para que tudo saia conforme o que foi planejado. Afinal, são as vivências que ficam marcadas, e é muito bom ouvir e sentir das pessoas que elas gostaram do evento. Como este ano a jornada está focada nas vocações, que é algo que falta muito na nossa diocese, tem pouco interesse, tem pouca busca, no meu ponto de vista, nesta jornada esse tema vai vir de uma forma diferente, com o bate papo, o que é importante já que os jovens são o futuro da nossa Igreja, e a minha expectativa é de que realmente algo toque os jovens. O pedido que eu faço para todos os organizadores e demais pessoas que estão envolvidas, é para que orem pelo evento, porque a oração é muito forte e quando a gente ora em conjunto, ela tem muito mais poder. A gente está fazendo isso para o próximo, para outra geração. Estamos fazendo isso, como se fosse Cristo evangelizando estes jovens, então a oração é muito necessária”.

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface