E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Rejoc em Capão da Canoa promove o encontro de dezenas de jovens com Cristo

Publicada em 14/07/2016

Dezenas de jovens da Diocese de Osório participaram do Retiro de Jovens com Cristo (Rejoc), nos dias 8, 9 e 10 de julho, em Capão da Canoa.

O Rejoc é organizado pelos grupos e movimentos de jovens com o apoio de alguns casais engajados e do pároco. Durante o Retiro são trabalhadas questões como o encontro consigo mesmo, o encontro com Cristo e o encontro com os outros, especialmente na família.

A intenção é trazer para a espiritualidade e religiosidade aqueles jovens que por falta de oportunidade ainda não descobriram Deus em suas vidas, além de fortalecer os que já participam de grupos e movimentos. Conscientizar o jovem de que ele também é igreja, incentivar o jovem a fazer parte de um grupo ou movimento católico, também são alguns dos objetivos.

Ao final do Retiro é apresentada aos participantes uma relação de todos os grupos e movimentos existentes na comunidade, e os cursistas são convidados a participar a se engajar onde se identificar.

Outros Rejocs estão sendo programados para os dias 5, 6 e 7 de agosto em Arroio do Sal, 9, 10 e 11 de setembro em Torres e, nos dias 21, 22 e 23 de outubro os membros da família Rejoc estarão no Maranhão onde participarão do 2º Rejoc Maranhão.

Confira abaixo o depoimento do Jonas, de 28 anos, sobre a sua participação no Rejoc:

“Participei do Rejoc 130, foi uma bênção na minha vida. Eu que estava num caminho desviado há algum tempo, longe de Deus, num mundo de perdição de drogas, álcool, festas, coisas que só me levaram ao fundo do poço. Conheci Jesus dentro do Rejoc e minha vida mudou totalmente. Hoje posso dizer que Deus é tudo pra mim, não troco essa bênção por nada. Tive uma experiência enorme com Deus, pude tocar o pé do Altíssimo. Rejoc é tudo, Rejoc é vida, Rejoc é amor, onde você conhece pessoas do bem, onde você é amado, recebe abraços, amor, recebe isso tudo daquelas pessoas que você jamais imaginava. Onde eu fiz uma festa em que eu não precisei usar álcool nem drogas. Dancei e a festa foi maravilhosa. Dormi e acordei no outro dia sóbrio sem ressaca. Isso pra mim foi muito valioso. Cada momento lá dentro me tocou porque todos os momentos que eu vivi dentro do Rejoc foram de crescimento e todos eles tinham a ver com a minha história. Eu já tinha negado uma vez, nesta eu aceitei e quero continuar fazendo parte desta “Família Rejoc” que abriu minha mente. E é uma coisa inexplicável porque a gente se entrega de corpo e alma e realmente o Rejoc salva vidas, porque a minha vida foi salva já por essa família, e hoje eu me dedico cada momento a eles. Quero poder dar continuidade cada dia mais a essa caminhada, porque foi um encontro muito especial, onde eu me encontrei com Jesus Cristo. Cada momento vivido lá é uma experiência nova e é nisso que se resume: Rejoc é salvação, só quem fez sabe o momento de entrega e de concentração diante do Pai. Rejoc é vida!”

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface