E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Juventude em missão pela vida

Publicada em 04/07/2016

Juventude em missão pela vida

Cerca de 50 jovens da Província Eclesiástica de Porto Alegre participam de formação de multiplicadores em Bom Princípio

É preciso cuidar da vida. Da nossa, do próximo e a de todos em suas mais variadas formas. Essa abordagem norteou a formação de multiplicadores jovens da Província Eclesiástica de Porto Alegre neste final de semana, 02 e 03 de julho, em Bom Princípio. Participaram cerca de 50 jovens de diversos carismas juvenis das dioceses de Caxias do Sul, Montenegro, Novo Hamburgo e Osório, sob a condução do Serviço de Evangelização da Juventude do Regional Sul 3 da CNBB.

Após dois dias de reflexão, dinâmicas, partilhas e momentos de oração e espiritualidade, os jovens presentes agora nutrem a missão de multiplicar a experiência adquirida em seus grupos, aumentando a rede que se coloca em missão pela vida.

“É de fundamental importância discutir a questão relacionada ao cuidado com a vida, lembrando que o ser humano tem sua dignidade, que não é escolhida, é intrínseca da pessoa. Independente da situação que a pessoa se encontra ou das escolhas que ela pode ter tido durante a sua vida, independente dos erros e acertos, a dignidade humana permanece intacta, não tem seu valor alterado e isso tem que chegar à consciência dos cristãos. Foi isso que Jesus nos passou”, sintetiza Cristian Bertin, 25 anos, representante do Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica (RCC) da Diocese de Caxias do Sul.    

Durante a formação, os jovens elaboraram seu projeto de vida e discutiram sobre diversos problemas sociais como aborto, eutanásia, violência, migração, AIDS, saneamento básico e ecologia. Também houve a participação na celebração eucarística junto à comunidade local, que realizava a Crisma de 53 jovens. Inclusive, o bispo de Montenegro, Dom Paulo Antônio de Conto, conversou alguns minutos com os jovens durante a formação, chamando a atenção para a vida em família, o cuidado com os pais e o chamado à vocação.         

“É importante ouvir as opiniões de outras pessoas e abrirmos a mente para coisas que não conseguimos enxergar sozinhos em nossos grupos”, destaca Paola Schardosim Simão, 20 anos, representante do grupo de oração Mãe de Deus, da Diocese de Osório.

A formação também abordou a atuação do Setor Juventude e sua estruturação e foi apresentado o plano bienal de evangelização da juventude 2016-2017, que levanta diversos pontos a serem perseguidos por cada diocese em três eixos principais: formação, missionariedade e estruturas de acompanhamento. 

“O cuidado com a vida é o centro do nosso plano bienal de evangelização. É resultado do que a juventude produziu como caminhada desde o início da formação do Setor Juventude. É um apelo da própria juventude ao checar que é preciso cuidar da vida do povo em todas as instâncias, desde a vida pessoal e comunitária até a vida do ambiente onde estamos caminhando. É ter uma voz cristã no meio de uma sociedade que permite todas as vozes”, explica o assessor regional do Serviço de Evangelização da Juventude, padre Neimar Schuster.

A juventude segue #EmMissãoPelaVida!

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface