E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

"É muita vida que precisa ser cuidada", diz padre Maicon de Erexim, sobre a ANPJ

Publicada em 27/01/2017

Desde o dia 22 de janeiro a diocese de Crato, no Ceará, acolhe mais de 120 delegados da Pastoral da Juventude. Vindos de 18 regionais, os jovens estão celebrando sua Ampliada Nacional (ANPJ). No encontro, são refletidas, debatidas e definidas as diretrizes de ação para a PJ em todo o Brasil. O processo educação na fé construído pela PJ faz memória às primeiras comunidades, valorizando a partilha e a comunhão, a partir do método ver, julgar e agir.

De acordo com o padre Maicon Malacarne, na diocese de Erexim, um dos sete gaúchos que estão participando do encontro, a ANPJ é instância máxima das decisões, projetos e formas de se organizar da Pastoral da Juventude no Brasil. “É feita uma avaliação dos últimos três anos da ação e projetado o próximo triênio, bem como a organização e os serviços nacionais.”

Ao ser perguntado sobre os assuntos que a Ampliada traz à tona, o sacerdote falou sobre a importância da partilha das realidades juvenis brasileiras. “Se parte da realidade juvenil no Brasil e, a partir disso, à luz da fé, buscamos caminhos de uma evangelização Reino.”

Iluminada pelo lema: “Ide anunciar aos meus irmãos que se dirijam para a Galileia, lá eles me verão” (Mt 28,10), a Ampliada segue até o domingo, 29 de janeiro. O encontro é uma oportunidade para construir linha de atuação, à luz da Palavra de Deus. “Temos avanços e retrocessos. Atualmente temos seis projetos nacionais que dão conta de pontuar um processo de formação integral e de educação na fé, partindo das realidades juvenis do nosso país”, aponta padre Maicon.

Na celebração de abertura da ANPJ, o bispo de Crato, dom Gilberto Pestana falou sobre as palavras de Jesus aos apóstolos: “Segue-me”. Aos jovens, disse que esse seguimento requer “renúncia às ideologias e outras realidades”.

Padre Maicon falou sobre os comprimissos que o encontro implica na vida e missão da PJ nas dioceses brasileiras. “O maior compromisso é a vida da juventude. A Ampliada reafirma esse grande horizonte da PJ: vida! A medida que há morte de jovens, é necessária ação de denúncia, de transformação. Além disso, a PJ se fortalece com os grupos de jovens nas comunidades que se transforma em outro compromisso, fomentar a criação e os processos da vida dos nossos grupos juvenis.”

De acordo com um levantamento da PJ, existem aproximadamente 10 mil grupos de jovens ligados à Pastoral da Juventude, no Brasil. “É muita vida que precisa ser cuidada”, conclui o padre.

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface