E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Celebração e compromisso missionário marcarão o Bote Fé

Publicada em 18/10/2015

Além de ser um encontro de celebração, juventude é convidada a doar um quilo de alimento não perecível ou materiais de higiene para os imigrantes acolhidos no RS


Com a hashtag #ImigranteEuMeComprometo, a organização do Bote Fé Regional, que acontecerá nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, em Porto Alegre, juntamente com a Pastoral da Mobilidade Humana do Estado do Rio Grande do Sul, convoca a juventude católica do RS a partilhar alimentos e materiais de higiene pessoal com os mais de 13 mil imigrantes que vivem em terras gaúchas.

Diversos pontos de coleta estarão à disposição da juventude não só no Anfiteatro Pôr do Sol, mas nas paróquias e comunidades que acolherão os jovens que farão o intercâmbio missionário no dia 31 de outubro.
O Serviço de Evangelização da Juventude do Estado do Rio Grande do Sul, mais uma vez se coloca ao lado, como apoio de caminhada aos irmãos migrantes que se ajuntam aos gaúchos, vindos, sobretudo, do Haiti, Gana e Senegal.
A coordenadora do Serviço de Evangelização da Juventude do Regional Sul 3 da CNBB, Irmã Zenilde Fontes, explica que o objetivo da doação dos mantimentos para os imigrantes é, sobretudo, um dos gestos concretos do Bote Fé, buscando viver a mística de Jesus Cristo, na alteridade e na gratuidade.
“É por esta mística da alteridade e da gratuidade, que o Evangelho nos pede, que nós, cristãos somos chamados a ser hospitaleiros com os estrangeiros, sobretudo porque são essas pessoas que chegam ao nosso Estado, em busca de melhores condições de vida, para isso precisamos ter muita sensibilidade para ver onde a vida sofre” – resumiu Irmã Zenilde.
A ação promovida pelo Bote Fé, ainda segundo  Irmã Zenilde, não deseja ser somente algo do momento, mas deseja desencadear a sensibilidade na juventude do Rio Grande do Sul, para que insira em seus projetos diocesanos, ações que visem a valorização e o cuidado com os imigrantes.
A organização do evento, que terá apresentação de mais de 10 bandas regionais e o show nacional com a Banda Anjos de Resgate, além de Celebração Eucarística, tendas dos carismas, religiosos e religiosas à disposição para aconselhamentos e bênçãos, e dezenas de sacerdotes atendendo às confissões e concedendo o sacramento da Reconciliação, espera a participação de mais de 20 mil jovens.

 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface