E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Diocese de Montenegro reúne 200 jovens em encontro anual

Publicada em 18/09/2015

Ocorreu nos dias 12 e 13 de setembro, na cidade de Feliz, a 6ª edição do encontro anual de jovens da Diocese de Montenegro - AVIVA, reunindo cerca de 200 jovens das cidades de Teutônia, Feliz, São Sebastião do Caí, Bom Retiro do Sul, Bom Princípio, Estrela, Paverama, Portão, Capela de Santana, da Diocese de Santa Cruz do Sul (Lajeado), Arquidiocese de Porto Alegre(Guaíba e Charqueadas) e Diocese de Novo Hamburgo.

O Tema do encontro foi "Necessário é que renasçam no Espírito".

Confira os depoimentos de alguns jovens que participaram do Econtro:

"Ontem a noite, quando eu cheguei em casa e deitei em minha cama, respirei fundo e não conseguia encontrar palavras suficientes para agradecer o Senhor, por tudo que Ele realizou nas vidas de todos os jovens que estiveram no Aviva VI. Então, com a alma transbordando de alegria, disse: Senhor, toma o meu coração agradecido, é o bem maior que eu posso te dar!" Testemunho da Jessica Granja, Coordenadora do Ministério jovem, na Diocese.

"Foi maravilhoso, voltei renovada no Espírito Santo. E com mais vontade de buscar a santidade. Quando eu fui para lá, estava bem pra baixo. Mas saí de lá incendiada!" Testemunho da jovem Vanessa Lopes, de Capela de Santana.

“Bom, enquanto eu estava fazendo o teatro, eu estava olhando para as pessoas que estavam presenteS lá presentes no Aviva, pois o teatro era um pouquinho da minha vida, quando nós do Ministério das Artes estávamos fazendo o teatro, nós rezamos e Deus estava falando com nós, e nós montando o teatro com aquilo que Deus falava com a gente, eu me identifiquei muito com o teatro, por isso eu falei para o pessoal do Ministério que eu gostaria de fazer o papel do menino que não acreditava em Deus, e o amigo pediu para ele rezar pelo menos 1 Pai Nosso, então ele foi para casa rezou um Pai Nosso, e Deus falou com ele. então ele decidiu ir ao grupo de oração e aceitar a Deus, creio que muitas pessoas também receberam um convite de um amigo para ir a igreja ou para ir ao grupo de oração mas diziam que não tinha tempo de ir e iriam pensar se um outro dia ele aí ir. Enquanto eu estava lá na frente conversando com Deus eu olhei para algumas pessoas e algumas pessoas estavam chorando, outras estavam dando risada, outro estavam achando uma baboseira aquele teatro, mas eu tenho certeza que alguém se sentiu tocado, Ou algumas pessoas se identificaram com o teatro assim como eu me identifiquei, eu estava muito nervoso para fazer aquele teatro, mas quando eu terminei de fazer aquela encenação me deu uma paz enorme no meu coração e eu fiquei muito feliz não por apenas eu ter terminado de fazer um teatro de ter cumprido uma missão, mas de ter a plena confiança em Deus, E de me entregar inteiramente para Deus. Gostaria que todos os jovens, e os jovens de espírito, tenham esta entrega e esta confiança em Deus, pois se nós acreditamos em Deus ele faz tudo aquilo que nós pedimos a Ele , as vezes achamos que Deus está demorando pra resolver algo que nós pedimos e começamos a desistir dele, mas nós não temos que desistir Dele pois, para Deus nada é impossível, para Deus não tem tempo, tudo vai se realizar no tempo de Deus.” Testemunho do jovem Lucas Silva, de Teutônia.

 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface