E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Marca do Eaí Tchê completa cinco anos

Publicada em 05/01/2017

A sexta-feira, 06/01, é dia de celebrar o aniversário de cinco anos do lançamento da marca do Eaí Tchê. O Serviço de Evangelização da Juventude iniciou em 2010, porém, só dois anos mais tarde o símbolo foi criado. Isso porque foi necessário um longo caminho de reflexão e articulação para que a identidade visual dialogasse com a realidade juvenil e a diversidade de carismas católicos presentes no Rio Grande do Sul. 

Com a definição do nome e do logotipo, este site e os perfis do Eaí Tchê nas redes sociais foram criados. A página na internet tem o objetivo de ser o ponto de encontro da juventude católica gaúcha, como forma de expressar e divulgar todos os projetos, ações e eventos de evangelização da juventude realizados pelos grupos, pastorais e movimentos do Rio Grande do Sul. Já as redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter) replicam os conteúdos do site e também são espaços para compartilhamento de fotos e vídeos dos encontros regionais, do evangelho do dia, de informações sobre a Igreja, entre outros conteúdos de interesse dos jovens.

“Queremos alcançar quem está nos grupos, que participa das missas e também aqueles que não foram evangelizados. Chegar ao jovem que não é praticante e que não é cristão”, explica a Coordenadora do Serviço, Irmã Zenilde Fontes. Segundo Zenilde, as redes sociais são ferramentas para conectar as dioceses. “São canais que oferecem possibilidades de formação e informação onde é possível articular o contato entre as 18 Dioceses o Estado, além de promover troca de experiências e dar visibilidade ao que é feito em cada uma delas”, ressalta a coordenadora.

 

Identificação com a marca

 

Ao longo desses cinco anos de história, a marca Eaí Tchê se consolidou e faz parte da identidade dos Setores Juventude do Rio Grande do Sul. Para Bibiana Bicca, articuladora em Cachoeira do Sul, o site e as redes sociais do Serviço são espaços fundamentais para auxiliar no processo de evangelização da juventude. “É onde a gente compartilha todas as nossas experiências, onde a gente consegue se comunicar com outros jovens e aprender mais sobre Deus” afirma ela.

Em Caxias do Sul, a realidade é semelhante. Inclusive, os canais de comunicação do Serviço motivaram o desenvolvimento de ferramentas próprias do Setor Juventude serrano como o Commissão Jovem.

Conforme o Padre Rudinei Zorzo, referencial da juventude na Diocese de Caxias, o Eaí Tchê congrega a juventude gaúcha em torno de um mesmo ideal: disseminar o rosto jovem de Cristo para toda a Igreja. “É um espaço que nos enxergamos concretamente em unidade. É uma maneira de mostrar o quanto é importante incentivar os jovens a uma adesão afetiva e efetiva ao projeto de Jesus”, destaca Zorzo.

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface