E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Diocese de Santo Ângelo comemora a ordenação de mais um padre

Publicada em 25/06/2015

No último final de semana, a diocese de Santo Ângelo teve a alegria de ordenar mais um jovem padre. Na sexta feira, 19 de junho, o diácono Marcos Reneu Zaro foi ordenado Presbítero pelas mãos do bispo diocesano, Dom Liro Vendelino Meurer. A celebração ocorreu na Igreja Matriz da Paróquia São José, de Boa Vista do Buricá. Na oportunidade, cerca de 30 padres seculares e religiosos participaram da celebração.

Nem mesmo o frio espantou os fiéis. Diversas pessoas, tanto da comunidade local como regional, vindos de diferentes paróquias da diocese de Santo Ângelo, lotaram a Igreja Matriz. Com o lema “Do meio das trevas, brilhe a luz” (2Cor 4,6), o diácono assumiu o compromisso de seguir a vida religiosa, doando-se inteiramente à serviço da comunidade.

Marcos é o segundo filho que a família Zaro ofertado à Igreja e o 55º filho da Paróquia São José a ser ordenado Presbítero. O irmão de Marcos, Pe. Roque comentou que é uma alegria ter um companheiro de caminhada, vivendo as mesmas experiências. “É bom ter alguém para compartilhar sentimentos parecidos, debater sobre desafios que juntos podem ser enfrentados, dentro da caminhada de Igreja. Assim, poder colocar dificuldades e saber que o outro pode me ajudar nesses momentos, da mesma forma que eu posso ajudar também, justamente por viver as mesmas experiências”, acrescenta.

A comunidade esteve em festa durante o final de semana. Diversas pessoas, principalmente familiares e amigos vieram de longe para acompanhar esse momento importante na vida do Neo-sacerdote. A mãe de Marcos comenta que o filho sempre teve o desejo de ser padre e não escondia dos amigos e familiares. Ela ainda disse que sempre rezou muito pela vocação do filho. “Eu entreguei mais um filho nas mãos de Deus, para que ele possa servir e se dedicar à comunidade. Foi um momento bonito, principalmente ver a família reunida e acompanhando essa benção na vida do meu filho”, destaca.

Segundo a família, Marcos sempre foi uma criança alegre e sorridente, que buscava ajudar ao próximo, por vezes com uma simples palavra amiga. O Neo-sacerdote comentou que se sentiu chamado primeiramente, a exemplo de um padre e especialmente, por sentir que a proposta de servir era uma missão. “Por ver como um simples sorriso pode mudar o dia de alguém”, acrescentou. Por isso, Marcos diz colocar-se a serviço do povo, para que a luz de Cristo brilhe nos corações. “O que me desafia é como vou levar o Cristo que pega o bem, em um mundo onde as pessoas estão convictas de que não há bondade. Acredito que mais do que trazer os jovens à Igreja, devemos levar a Igreja a eles. Precisamos apresentar ao jovem um jeito jovem de ser Igreja”, ressalta.

No domingo, 21 de junho, o novo padre celebrou a sua primeira missa, na Igreja Santa Isabel de Vista Alta. Comunidade essa, que o Neo-sacerdote deu os seus primeiros passos na vida religiosa e onde moram os seus pais até hoje. Após a celebração, Pe. Marcos foi recebido com festa pela comunidade e as festividades duraram até o fim da tarde.

Agora, o Pe. Marcos seguirá a sua caminhada, exercendo seu ministério na Paróquia Santa Rosa de Lima, de Independência, como Vigário Paroquial até o final de 2015.

 


 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface