E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Arquidiocese de Passo Fundo celebra Missa de 30º Dia de Falecimento do padre Eduardo Pegoraro

Publicada em 23/06/2015

A celebração integrou uma caminhada ecumênica pela paz e contou com a presença de mais de mil pessoas, entre familiares, amigos, padres e bispos.

Marcada por muita emoção, a arquidiocese de Passo Fundo realizou na manhã desta segunda-feira a celebração de 30º dia de falecimento do padre Eduardo Pegoraro, em Tapera. Mais de mil pessoas acompanharam a programação, que integrou uma caminhada pela paz e a missa campal.

A caminhada ecumênica que percorreu a avenida principal da cidade contou com a presença de estudantes e professores de Tapera, da comunidade luterana, além de amigos, familiares e fieis do padre Eduardo. Durante o trajeto, duas paradas refletiram os ensinamentos deixados pelo sacerdote neste tempo em que esteve a frente da paróquia Nossa Senhora do Rosário da Pompeia e do Seminário Menor.

Logo após o ato, foi realizada a missa campal na praça central. A celebração contou com a presença de mais de 50 padres, de dom Ercílio Simon, arcebispo emérito e dom Antonio Carlos Altieri, arcebispo metropolitano de Passo Fundo.

Na ocasião, dom Altieri afirmou que para que os que crêem em Deus, a vida não é tirada, mas transformada. “Rezando a morte do padre Eduardo, rezamos também a vida: a vida dele, a nossa e a vida do mundo. Por isso pedimos paz. Pois não há vida sem paz”, disse. O arcebispo falou também sobre os julgamentos que ainda surgem a respeito da morte do sacerdote: “São muitas opiniões que querem deturpar e ferir”, ressaltou. “Hoje, quando rezamos o trigésimo dia do padre Eduardo, também rezamos a vida desta nossa sociedade, marcada por estas mazelas e que precisa ser alcançada com os valores da fé. Estamos destruindo a nós mesmos, as nossas famílias e a sociedade de forma geral”, concluiu.

No final da celebração, o arcebispo realizou a bênção sobre uma pedra em frente a casa paroquial. O local passará a ser um Memorial da Paz, espaço de lembrança e orações ao padre Eduardo e pela paz no mundo inteiro.

Padre Eduardo foi morto no dia 22 de maio, em Tapera. O sacerdote tinha 33 anos e há três trabalhava no local.

 

Assessoria de Comunicação da Arquidiocese de Passo Fundo

 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface