E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Quero os pobres na 1ª fila, ilustres e famosos atrás, disse o Papa Francisco

Publicada em 06/05/2015

Depois da visita guiada exclusiva aos Museus Vaticanos no final de março, agora os sem-teto, imigrantes e pobres terão acesso, em primeira fila, ao concerto beneficente do Papa, no próximo dia 14 de maio, na Sala Paulo VI. Por desejo de Francisco, eles se sentarão nos lugares de honra, que normalmente são reservados a autoridades civis e eclesiais.

Assim, os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão os últimos (cf. Mt 20,16) no concerto organizado para sustentar as Obras de Caridade do Papa, na prestigiosa Sala Paulo VI, no dia da festa da Ascensão do Senhor.

O evento é organizado pela Esmolaria Apostólica, o departamento que tem a tarefa de praticar a caridade a favor dos pobres em nome do Papa, e que é dirigido por Dom Konrad Krajewski. Além disso, participam da organização o Conselho Pontifício para a Promoção da Nova Evangelização e a Fundação São Mateus, em memória do cardeal Van Thuan.

Os "preferidos do Papa Francisco" se deleitarão ao escutar a Orquestra Filarmônica Giuseppe Verdi, dirigida pelo maestro Daniel Oren, junto a Dom Marco Frisina, diretor do Coral da diocese de Roma.

O evento terá como convidados de honra as pessoas mais carentes, que recebem ajuda dos voluntários e operadores da diocese de Roma, do Centro Astalli para os refugiados e da Comunidade de Sant'Egídio de Roma.

Fonte: Aleteia

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface