E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Partilho o que sinto em meu coração sobre o Tríduo Pascal

Publicada em 02/04/2015

  • Partilho o que sinto em meu coração sobre o Tríduo Pascal

Viver a Páscoa é viver entre a luz e as trevas, é viver a dor e o amor, o medo e a esperança. A Campanha da Fraternidade desse ano remete-nos a pensar em sociedade, compreendendo-a e entendendo seus desafios.

Cristo antes de tudo foi um homem, como nós, foi um homem social, enviado por Deus para nos salvar dos pecados. Tão humano que era divino também. Ele aceitou sua missão e nos deixou sua presença. Momentos da Paixão de Cristo coma Santa Ceia nos remete a vivências do dia-a-dia, mesmo em uma sociedade do século XXI.

Cristo na ceia com seus discípulos nos apresentou a sua vida, a Comunhão. Cristo reparte o pão igualmente em sinal de unidade, o pão é Seu corpo e o vinho é Seu sangue. O ser cristão é ter a oportunidade diária de ter esse encontro com Cristo vivo, em cada Celebração Eucarística.

Ele se ‘despediu’ de seus discípulos deixando o ensinamento de como podemos viver e agir em sociedade. Ele nos apresenta toda a humildade como ao lavar pés de seus discípulos, a compreensão em saber que Pedro o negaria três vezes, o perdão ao saber que Judas o trairia, o amor ao morrer por todos nós e a esperança da vida eterna ao ressuscitar.

Se hoje Ele vivesse em nossa atual realidade esperaria de nós atitudes como essa de compaixão, compreensão, humildade e, principalmente, de serviço. Servir a Deus, ao próximo e a Igreja, fazendo de nossa vida uma missão. Missão essa vivida no dia-a-dia, na escola, universidade, trabalho, família e entre amigos.

Cristo sofreu, foi perseguido, julgado, injustiçado, condenado, mas não abandonou sua missão e manteve sua esperança. Cristo foi crucificado, morto e sepultado, morreu na cruz, simbolizando a união entre Deus e a terra e os homens ao próximo.

Portanto, queridos irmãos e irmãos gostaria de lembrá-los os desafios enfrentados por Cristo e por todos nós que cremos Nele. Por isso desejo a todos que vivam essa paixão, que façam de sua sexta-feira santa um momento de reflexão nos ensinamentos que Cristo nos deixou e nas atitudes que temos em sociedade; um sábado santo de muito silêncio e respeito por aquele que sofreu por nós e para que nesse silêncio Deus possa falar ao nosso coração.

E, além disso, pensem e orem por Maria, sua mãe e nossa mãe que tanto sofreu ao ver seu filho ser maltratado. E um Sábado de Aleluia e um domingo de muita alegria, compartilhada com amigos, familiares e comunidade, pois Cristo ressuscitou! Ele vive! Vive em mim, vive em ti, vive entre nós! Nós somos o Cristo vivo que através do Espírito Santo nos permite fazer da nossa sociedade um Reino de Deus. Shalom! Feliz Páscoa!!

 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface