E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Domingo de Ramos e a 4ª JAJU - Arquidiocese de Santa Maria

Publicada em 27/03/2015

  • Domingo de Ramos e a 4ª JAJU - Arquidiocese de Santa Maria

No Domingo de Ramos, dia 29 de março em nossas igrejas e comunidades realiza-se a Liturgia dos Ramos. É a memória da entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. Com os ramos nas mãos acolhemos o Filho de Davi que vem a nós como o humilde servo. Nosso povo manifesta sua alegria aclamando: “Hosana ao Filho de Davi. Bendito o que vem em nome do Senhor”.

Com o Domingo de Ramos iniciamos a celebração da Páscoa de Nosso Senhor. Jesus, para realizar o mistério de sua morte e ressurreição, entrou em Jerusalém, sua cidade. Celebrando com fé e piedade a memória desta entrada, nós cristãos, seguimos os passos de Jesus para que, “associados pela graça à sua cruz, participemos também de sua ressurreição e de sua vida”.

Os ramos abençoados podem ser levados para nossas casas como uma lembrança de que aclamamos publicamente a Jesus com nossa palavra, com nossa atitude e com nosso testemunho de vida.

4ª JAJU – No Domingo de Ramos, nossa Arquidiocese de Santa Maria realiza a Quarta Jornada Arquidiocesana da Juventude (4ª JAJU) em São Sepé. Às 8:30 começa a procissão e caminhada com os ramos no trevo da entrada da cidade. Às 10 horas teremos a Santa Missa no Ginásio do Colégio Madre Júlia. A Jornada prossegue até o final da tarde de Domingo com uma palestra, experiências, música e apresentações artísticas. Será uma grande festa da juventude com Jesus.

Durante a Semana Santa teremos na Quinta feira Santa na Catedral Imaculada Conceição em Santa Maria, a celebração penitencial às 9 horas e às 10 hs. a Santa Missa com a bênção dos Santos Óleos. À noite, em nossas paróquias, se faz a Santa Ceia do Senhor com o Lava-pés e a adoração ao Santíssimo. Na Sexta feira Santa, Sábado e Domingo nossas paróquias e capelas seguem suas programações próprias com a Via-Sacra, Celebração da Adoração do Senhor Morto, Jejum e abstinência de Carne na Sexta feira Santa. No sábado à noite ou Domingo é a celebração da Festa da Ressurreição do Senhor.

É sempre oportuno lembrar aos nossos cristãos que o centro da Páscoa é Jesus crucificado, morto e ressuscitado. Todos queremos nos deixar renovar pelo perdão, no Sacramento da Confissão, pela graça do Salvador e pela alegria da vida nova que ELE nos trouxe. Todos os festejos que fazemos sejam centralizados na alegria da Ressurreição.

Vale a pena nosso esforço pela participação plena em todo o mistério pascal. Deixemo-nos amar e perdoar pelo Senhor.

 

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface