E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Jovens da Diocese de Cachoeira do Sul realizam 1º Natal Iluminado

Publicada em 13/12/2016

Na última sexta-feira, dia 9 de dezembro, em Cachoeira do Sul, ocorreu o 1º Natal Iluminado da diocese. Um evento sonhado e idealizado por dois assessores do movimento Objetivo Novo de Apostolado (Onda). Gérson Fagundes e Gustavo Bicca foram incansáveis na superação dos obstáculos para a concretização do espetáculo de luzes e som que se realizou no Santuário Maria Mãe do Redentor.

Enquanto a logística para o 1º Natal Iluminado foi desafio para os dois, o espetáculo (música, teatro, figurinos, etc) foi desafio para os jovens, que puderam demonstrar seu protagonismo. Pela proximidade dos organizadores e a facilidade de contato com os assessores, eles contaram com o apoio dos integrantes do ONDA e do Curso de Liderança Juvenil (CLJ) da Paróquia São José, todos sob a coordenação e direção da jovem Bibiana Bicca. O evento teve presépio vivo, começando com uma reflexão sobre o verdadeiro sentido do Natal, que hoje, praticamente só é lembrado em decorrência do apelo comercial.

Os jovens do CLJ e ONDA fizeram uma encenação e parte da animação. O coral da Paróquia Santo Antônio, composto por seminaristas do Seminário Menor Armando Teixeira e crianças atendidas pela Pastoral Social, também se apresentou.

Dom Remídio Bohn, bispo diocesano de Cachoeira do Sul, fez a abertura e o fechamento do evento, reafirmando a importância de momentos assim para as juventudes e para as famílias. Ele elogiou a organização e convidou os participantes a vivenciarem o período natalino de forma integral, não esquecendo o sentido cristão da data. Dom Remídio aproveitou para instigar os organizadores e jovens a realizarem a segunda edição em 2017.

Para Bibiana Bicca, o objetivo do Natal Iluminado era resgatar o significado cristão da data. “Nos preenchemos de alegria quando chegou a hora, e percebemos que inúmeras famílias aceitaram receber Jesus em seus lares, o que confirma que o propósito foi alcançado!”, avalia. A jovem ainda destacou a maneira com que se buscou lembrar do nascimento do Deus Menino, principalmente, em função da simplicidade e humildade representada por todos. Ao concluir, ela demonstrou estar satisfeita pelo êxito do evento e pelo resultado obtido. “O sentimento é de felicidade e gratidão a todos os envolvidos e os que deixaram se envolver por esse verdadeiro espírito de Natal!”, alegrou-se Bibiana.

O evento contou com a presença de dezenas de famílias e muitos grupos de jovens que se reuniram no local não só para assistir às apresentações, mas também para conversar, interagir, tomar chimarrão e desfrutar da natureza e da infraestrutura do Parque da Romaria. Pela reação do público, todos aprovaram a iniciativa.

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface