E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Como reconhecer uma pessoa feliz?

Publicada em 08/07/2014

Martin Seligman, o pai da psicologia positiva, teoriza que apesar de 60% da felicidade ser determinada pela genética e pelo ambiente os 40% restantes cabem a nós.

Em sua palestra na TED de 2004, Seligman descreveu três tipos de vidas felizes: a vida de prazeres, na qual você enche sua vida com quantos prazeres puder, a vida do envolvimento, em que você encontra a vida no trabalho, em ser pai, no amor e no lazer, e a vida que tem sentido, aquela que “consiste em saber quais são suas maiores forças e, também, em saber usá-las para servir e fazer parte de algo maior que você mesmo”.

Após explorar o que traz a satisfação definitiva, Seligman se disse surpreso. Buscar o prazer, determinaram as pesquisas, não contribui quase nada para a satisfação duradoura. O prazer é o “chantilly e a cereja” que dão um toque adocicado para as vidas baseadas na procura do sentido e do envolvimento.

Por mais que conceitos como sentido e envolvimento possam parecer grandiosos, as pessoas felizes têm hábitos que podem fazer parte do seu dia a dia e que podem compor o quadro total do êxtase. Pessoas felizes têm certas inclinações que ajudam na busca do sentido – e essas inclinações também funcionam como motivação.

Vinte e um motivos são apontadoscomo os mais possíveis para identificar uma pessoa feliz:

1. Elas se cercam de pessoas felizes

A alegria é contagiosa. Aqueles que estão cercados por pessoas felizes “têm chance maior de felicidade no futuro”.

2. Elas não sorriem sem motivo

Mesmo que você não se sinta tão disposto, cultivar pensamentos felizes – e sorrir por causa deles – pode contribuir para sua felicidade e fazer de você uma pessoa mais produtiva.

3. Elas têm o poder de se recuperar

Pessoas felizes sabem se levantar depois de um fracasso. “

4. Elas tentam ser felizes

Você pode ser feliz se tiver pensamentos felizes.

5. Elas estão atentas às coisas boas

É importante comemorar as grandes conquistas, aquelas que exigem muito esforço, mas as pessoas felizes também dão atenção às vitórias menores.

6. Elas apreciam os pequenos prazeres

Um sorvete de casquinha com uma espiral perfeita. Um cachorro feliz da vida. As pessoas felizes conseguem apreciar esse tipo de prazer cotidiano. Encontrar sentido nas pequenas coisas.

7. Elas dedicam parte de seu tempo para doações

Mesmo que o dia tenha só 24 horas, pessoas positivas usam parte desse tempo para fazer bem a outras, o que, em contrapartida, faz bem a elas mesmas.

8. Elas se permitem perder a noção do tempo (e às vezes sem querer)

Quando você está imerso numa atividade que é ao mesmo tempo desafiadora, revigorante e significativa, você está experimentando um estado mental chamado de “fluidez”.

9. Elas trocam o bate-papo por conversas mais profundas

Nada errado com aquele papo de vez em quando, mas sentar para conversar sobre as coisas que importam é importante para curtir a vida“.

10. Elas gastam dinheiro com outras pessoas

Talvez o dinheiro compre felicidade. Um estudo publicado na Science apontou que investir o dinheiro em outras pessoas tem mais impacto na felicidade que gastar consigo mesmo.

11. Elas fazem questão de ouvir

Um bom ouvinte pode sair de uma conversa sentindo que sua presença serviu para alguma coisa, uma experiência que está relacionada ao bem-estar.

12. Elas preferem conexões pessoais

As mídias sociais, por mais que nos mantenham em contato, não nos permitem o contato físico, o que ajuda a controlar a ansiedade.

13. Elas olham para o lado bom

O otimismo melhora a sua saúde de várias maneiras, incluindo a redução do estresse, a tolerância à dor e a longevidade para aqueles com problemas de coração. Se você escolher olhar para o lado bom das coisas, também estará escolhendo a saúde e a felicidade.

14. Elas gostam de uma boa seleção musical

A música tem poder. Músicas tristes ou felizes podem afetar como vemos o mundo.

15. Elas se desplugam

Seja meditando, respirando fundo longe do computador ou deliberadamente se desconectando dos eletrônicos, desligar-se do nosso mundo hiperconectado tem vantagens comprovadas no que diz respeito à felicidade.

16. Elas olham para o lado espiritual

Estudos apontam uma ligação entre práticas religiosas e espirituais e jovialidade. Para começar, hábitos importantes para a felicidade costumam ser valorizados na maior parte das convenções espirituais: expressar gratidão, compaixão e caridade.

17. Elas priorizam o exercício

O exercício melhora a percepção que as pessoas têm do próprio corpo – mesmo que elas não tenham perdido peso ou tido qualquer tipo de melhora aparente.

18. Elas gostam do ar livre

Quer se sentir vivo? Uma dose de 20 minutos de ar fresco significa uma sensação de vitalidade. A natureza é o combustível da alma.

19. Elas passam tempo na cama

Acordar com o pé esquerdo não é um mito. Quando faltam horas de sono, provavelmente falta também clareza e sobram bom humor e decisões erradas.

20. Elas gargalham

Você já ouviu essa: a gargalhada é o melhor remédio. Se você estiver tristonho, pode ser verdade. Uma boa risada libera químicos no cérebro que, além de dar aquele barato, nos preparam melhor para tolerar a dor e o estresse.

21. Elas dão passadas largas

Uma pesquisa conduzida por Sara Snodgrass, uma psicóloga da Florida Atlantic University, pediu que os participantes do estudo caminhassem por três minutos. Metade deles tinha de dar passadas longas, mexendo os braços e mantendo a cabeça levantada. Eles relataram estar mais felizes depois do passeio que o outro grupo, que deu passadas curtas, olhando para o chão.

Que tal ser feliz hoje?

*** Com informações do site norte americano Huffington Post

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface