E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Fraternidade e Tráfico Humano: “Eu acredito na rede dos medrosos!”

Publicada em 14/02/2014

Esse ano a Campanha da Fraternidade nos propõe um tema que nos provoca medo: Fraternidade e Tráfico Humano. Na Última terça feira (11/02), na Arquidiocese de Pelotas, aconteceu a primeira reunião para discutir o tema da Campanha.

Convocada pela Caritas, a reunião contou com membros de diversas comunidades e paróquias, jovens, leigos, religiosos e representantes da sociedade civil.

Inicialmente, Ana Helena, Diretora executiva da Caritas Brasileira em Pelotas, nos apresentou ponderações discutidas pela Caritas em âmbito nacional, enriquecendo o encontro com dados históricos, estatísticos e sociais a respeito do tráfico humano no Brasil.

Apesar do cartaz da Campanha nos apresentar quatro formas específicas de tráfico humano, há inúmeras formas para essa prática. Podendo ser caracterizado tanto na forma de mobilidade/deslocamento do ser humano, como na escravização/exploração de seu corpo ou força de trabalho.

Padre Guilherme Barroso Panatieri, Coordenador Arquidiocesano de Pastoral , salientou quanto à complexidade do tema e, que por conta disso, este nos aguça o medo e a fuga. “Achamos que isso não é dá nossa conta!”, disse ele. “Precisamos fortalecer duas redes fundamentais: a rede de comunidades e a rede com a sociedade civil”.

Quanto ao medo, padre Guilherme tranquilizou (ou não) a todos dizendo, “Que bom que estamos com medo! O medo revela que temos consciência de nossa limitação”, e continuou “A CF2014 nos exige PROFETISMO! E o profeta, apesar de medroso, não teme a morte, pois a morte não tem poder sobre ele: EU ACREDITO NA REDE DOS MEDROSOS!”.

A Campanha da Fraternidade é vivenciada nacionalmente desde 1964 durante os quarenta dias que antecedem a páscoa, no período da quaresma, e é encabeçada pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

Eaí?Tchê! Em Pelotas começamos os trabalhos para CF2014! E em sua diocese, já começaram? Compartilhe conosco! Vem com a gente!

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface