E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

#FelizAniversárioEaí?Tchê: 2 anos de Eaí?Tchê - dos jovens para os jovens

Publicada em 23/01/2014

Como o corpo é um, embora tenha muitos membros, e como todos os membros do corpo, embora sejam muitos, formam um só corpo, assim também acontece com Cristo. De fato, todos nós, judeus ou gregos, escravos ou livres, fomos batizados num único Espírito, para formarmos um único corpo, e todos nós bebemos de um único Espírito.
1Cor 12,12-13

 

Falar do Eaí?Tchê e, sobre o seu surgimento, é exatamente como lembrar da passagem da 1ª carta aos Coríntios, em que Paulo fala das diferentes funções de cada um, em vista de um objetivo comum. O projeto de Evangelização da Juventude Gaúcha, desde a primeira ideia, foi construído a muitas mãos: dos jovens, para os jovens. Inicialmente o grupo era formado pelos delegados enviados por cada diocese do Rio Grande do Sul à Jornada Mundial da Juventude de Madri, na Espanha, em 2011.

Alguns nomes me fugirão à memória mas citaria aqui as presenças da Luana (Arquidiocese de Pelotas), a Bruna (Diocese de Novo Hamburgo), o Neilor e a Néia (Diocese de Montenegro), o Lucas Volpato e a Vanessa Justen (Vicariato/Arquidiocese de Porto Alegre), o Rodrigo (do Vicariato de Canoas)... perdoem-me os que não nominei.

Retornando de Madri, pensaram usar a comunicação como primeira ferramenta de evangelização e agremiação dos jovens, a caminho da JMJ Rio 2013, todos capitaneados pela Irmã Zenilde Fontes, à frente do serviço, na CNBB Sul 3. A estes primeiros membros, somaram-se voluntários como o Dudu Lorenzetti e sua esposa Michelle, o Diego Barcellos, o Thafarel, o Lucas Dahmer, o Jéferson Machado, e este jornalista que vos escreve.

A comunicação, seja através do site ou das redes sociais foi, inicialmente, o fio condutor deste trabalho, mas não só. Deste primeiro grupo a necessidade criou uma subequipe, a de Formação. Enquanto uma, mais técnica, pensava nas funcionalidades, a outra se atinha ao conteúdo.

Noites em claro, e o Thafarel (um dos ‘programadores’ do nosso portal), colocou no ar, em 06 de janeiro de 2012, o portal da juventude gaúcha: surgia o www.eaitche.com.br. A partir daí e, contando com a mobilização daqueles primeiros delegados, a gurizada foi mostrando a cara. Os primeiros textos e fotos chegavam via e-mail, eram revisados (à época por mim mesmo) e, posteriormente, encaminhado para publicação.

Com o passar do tempo, o avanço das demandas e o trabalho cada vez mais intenso das equipes (que passou a reunir os comunicadores e articuladores em cada Província Eclesiástica), a coisa toda foi tomando forma. Como não lembrar das viagens rumo a Pelotas, Passo Fundo e demais dioceses? E a longínqua Uruguaiana, Arquidiocese de Santa Maria...

Não poderia deixar de citar aqui, ainda, os padres Tarcísio, Miguel e Neimar (os senhores padres, rs) e jovens como o Arthur e a Karina que, em momento oportuno se somaram ao primeiro grupo.

Algum tempo já se passou, tivemos a Peregrinação dos Símbolos da JMJ pelo RS, o Show Bote Fé em Santa Maria, a Semana Missionária a JMJ RIO 2013, e a cada nova etapa da caminhada mais pessoas se aproximaram do Eai?Tchê. Conheça os atuais voluntários em cada diocese e no regional clicando aqui.

Enfim, se o Eaí?Tchê tem a estrutura que tem hoje, com tantos voluntários (alguns quase no anonimato) é por conta, em primeiro lugar, da graça e providência divina, que se utilizou de dedicadas mãos humanas, para mostrar sua intensidade e resultados. Cada vez mais, esse trabalho é reconhecido por todos e toma proporções cada vez mais significativas, dessa vez, rumo à missão.

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface