E aí tchê
Em missão pela vida
FacebookTwitterInstagramYouTube

Advento: Tempo de experiências concretas que nos levem à conversão

Publicada em 08/12/2017

  • Advento: Tempo de experiências concretas que nos levem à conversão

    Advento: Tempo de experiências concretas que nos levem à conversão


É sabido que o Tempo do Advento é momento oportuno para a conversão, para a mudança de rumos, época de dar sinais concretos que (re)signifiquem nossa vida, de forma a deixarmos de lado o comodismo e assumirmos o protagonismo que é próprio do jovem.

 

Partindo desta reflexão e, do fato de que precisamos discernir sobre qual é a vontade de Deus sendo membros ativos na mudança de realidade no local em que estamos inseridos, é que queremos trazer à tona a história da estátua do “Jovem em Oração”, que está localizada na cidade de Tavares, Diocese do Rio Grande.

 

O monumento é fruto da 7ª Jornada Diocesana da Juventude (JDJ), sediada lá, em 21 de outubro deste ano. “Tivemos como objetivo final torná-la a expressão do rosto do Cristo Jovem, manifestado em cada um de nós, com nossas diferenças, com nossas cores, com nossos trejeitos, com nossos sorrisos largos, com nossas lágrimas, com nossa oração, com nossas expressões e com nossa esperança de um futuro mais justo, pleno de vida e livre de todos os males que afetam nossa juventude”, relata Chrystian Silveira, um dos idealizadores do projeto.

 

A comunicadora diocesana, Raquel Porto, lembra a importância deste sinal concreto: “Estávamos preparando a JDJ e queríamos deixar uma marca na cidade que sediaria o evento. Passamos por muitas ideias, placas, bandeira, cruz. Quando veio a desse monumento, achamos uma ótima ideia, pelo que a estátua representava, o jovem em parada, em oração.”

 

 Tavares é um município com pouco mais de 5 mil habitantes e, coincidentemente, a estátua do “Jovem em Oração” está no caminho que leva às escolas da cidade. É comum encontrar bilhetes com pedidos de oração, deixados no local por pessoas que “entenderam a mensagem de que quando um jovem fica de joelhos, uma sociedade fica de pé”, fala o jovem Chrystian.

 

Na estátua há uma placa de metal, com o logo da Jornada Diocesana e o lema "Eis-me aqui, envia-me!", que serve para demonstrar o caráter de prontidão e protagonismo da juventude, que não se acomoda e que transforma realidades.

 

A exemplo de Maria, que teve o discernimento de fazer a vontade de Deus, colocando-se a caminho e à serviço de sua prima Isabel, que saibamos também nós aproveitarmos bem esse tempo de Advento para nos perguntarmos:

 

Por qual processo de conversão ainda precisamos passar para que a juventude possa assumir o seu espaço?

 

Fonte: Elisandro Garcia

Tags

advento teste

E aí tchê

Subsídios

© 2017 - E aí tchê Site produzido pela Netface